História do Budd/Mafersa Série 1100


Texto: Wesley Rocha

Série 1100, foto apos a sua modernização

O Budd/Mafersa Série 1100 (antes 100) foi fabricado em 1957, isso mesmo, o trem tem mais de 54 anos !

Foi o primeiro trem em aço inox do Brasil, feito para a EFSJ ( Estrada de Ferro Santos Jundiaí ) prestava serviços entre Jundiaí e Paranapiacaba.

Feito nas oficinas da Mafersa, na Lapa em São Paulo, foram adquiridos 30 carros motores e 60 carros reboque desta unidade, naquela época, foi nomeado de Série 100, quando entrou em circulação, tirou os outros trens de madeira de circulação da linha de subúrbio da EFSJ. Projetado pela The Budd Company e fabricado pela MAFERSA ( Material Ferroviário S/A ) teve sua parte elétrica feita pela GE ( General Eletric )

Interior original do trem

 Antigamente, também prestava serviços entre São Paulo – Jundiaí e São Paulo – Santos, pois contava com banheiro no seu interior, justamente para esses longos trajetos. Também tinha um gerador de energia a gás para alimentar a iluminação do salão quado percorria trajetos sem eletrificação, no caso São Paulo – Santos, que só contava com eletrificação até Paranapiacaba, de Paranapiacaba até a Raiz da Serra, o trem era tracionado pelo sistema funicular, depois de Raiz da Serra até Santos, o trem era tracionado pela Alco RS1.

Em 1997, o trem foi modernizado pela Mafersa e pela Cobrasma, ganhando uma nova mascara e um novo interior.

A seguir, algumas fotos e vídeos do trem

Trem em sua formação original
No lavador da Barra Funda
Com as cores da CBTU
Em 1997 logo apos a modernização
Anúncios

Publicado em 20 de julho de 2011, em CPTM, Fotos, Vídeos. Adicione o link aos favoritos. 8 Comentários.

  1. Seu blog é excelente!Tem um conteúdo bastante original.Parabéns!

  2. ao meu modo de ver a tecnologia ferroviária é um verdadeiro milagre da ciência…

  3. Eu sou de Santos.. conheci esse trem antes da modernização.. Saudade dos velhos trilhos..Besos…http://divademontalban.blogspot.com

  4. Em tempo… sobre trens… Eu penso que seria melhor cargas serem transportadas de trens, como era bem antigamente…. antes das tecnologias das estradas.. Assim menos caminhão nas brs da vida..Minha opinião…;)http://divademontalban.blogspot.com

  5. Com certeza, essa pratica ainda existe, a MRS e a ALL operam nas linhas da CPTM, a ALL com menos frequência, já o trafego da MRS é bem mais intenso.

  6. Nossa eu nunca li sobre as hostorias da ferrovia de são paulo.Um conteúdo a mais, e a qui evolução chegamos !!?Seu blog está ótimo super original, seguindoda uma passada lá no meu:www.alvezdetudo.blogspot.com

  7. Ah quando foi reformado já era da Cptm?

Deixe aqui seu comentário !

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: